PS5 e Xbox Series X venderão menos que geração atual, diz analista

A próxima geração de consoles só chega oficialmente no fim do ano, mas já existem analistas dando pitacos sobre o sucesso do Xbox Series X e PS5. Piers Harding-Rolls, da Ampere Analysis, aponta que os novos videogames possivelmente não vão superar as vendas do PS4 e Xbox One.

Em uma nota enviada para investidores, o especialista em mercado aponta que o mercado de consoles deve sofrer com quedas nos próximos anos, o que deve impactar nas vendas do PS5 e Xbox Series X. Segundo Harding-Rolls, o mercado de consoles está consolidado e tem um grande alcance, mas Microsoft e Sony ainda não devem concretizar suas “materializações de vendas”.

Xbox One e PS4Xbox One e PS4Fonte:  IGN 

De acordo com o analista, os consoles de nova geração devem vender, combinados, cerca de 103 milhões de unidades até o fim de 2024. Dentro da mesma janela de tempo, o Xbox One e o PS4 tiveram 109 milhões de unidades comercializadas.

PS5 na liderança

Além de comentar sobre as vendas da nova geração como um todo, o analista da Ampere também aponta que o PlayStation 5 deve ser o console mais vendido da nova geração. Segundo o analista, o videogame da Sony pode alcançar 66 milhões de unidades comercializadas até o fim de 2024, enquanto a Microsoft pode vender pode vender 37 milhões de Xbox Series X no mesmo período.

Projeção de vendas do PS5 e Xbox Series XProjeção de vendas do PS5 e Xbox Series XFonte:  GamesIndustry.biz 

Apesar da diferença ser grande, Harding-Rolls estima que os consoles vão competir de maneira mais árdua no lançamento. Durante a estreia, o analista aponta que o PS5 deve vender 4,6 milhões de unidades, enquanto o Xbox Series pode ter 3,3 milhões de consoles comercializados.

A paridade durante o lançamento estaria ligada ao preparo da Microsoft, que está investindo pesado em retrocompatibilidade, possui um console poderoso e diversos estúdios trabalhando em novos jogos para suas plataformas. Com isso, a empresa teria armas para tentar bater de frente com a dominância da Sony e seu catálogo de exclusivos estabelecidos, que “são difíceis de desmantelar”, ressalta Harding-Rolls.

O analista aponta que os dois consoles devem chegar com preços na casa dos US$ 500, deixando a briga pelo bolso dos consumidores empatada. Até o momento, Microsoft e Sony não revelaram o valor de seus dispositivos de próxima geração, mas prometem que os produtos chegarão ao mercado no fim de 2020.

via TecMundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.