Um felizardo e seleto grupo de pessoas na Holanda é o primeiro a ter acesso ao Disney+, a plataforma de streaming da gigante do ramo de entretenimento. A partir desta quinta-feira (12), o serviço poderá ser conferido de perto por alguns usuários, e mostrará suas principais funcionalidades. De acordo com informações preliminares, é sabido que entre os conteúdos disponíveis há programação da Disney, Pixar e Marvel, além de Star Wars e National Geographic. São filmes, séries e outras produções voltadas para os fãs.

Outro diferencial da Disney+ é a compatibilidade. É sabido que a plataforma poderá ser acessada por sistemas operacionais iOS e Android, além da Apple TV e de navegadores. Além disto, o serviço permitirá downloads ilimitados, além de quatro canais de exibição simultâneos. Sua capacidade pode englobar até sete perfis distintos, e há a possibilidade de criar usuários específicos para crianças, com conteúdos direcionados. Estes são alguns dados já confirmados sobre a ferramenta, mas novas informações deverão ser divulgadas até a data em que terá o seu lançamento mundial, no dia 12 de novembro.

Disney+ (Fonte: Observatório do Cinema/Reprodução)
Disney+ (Fonte: Observatório do Cinema/Reprodução)

Um forte concorrente no mercado de streaming

A decisão de liberar uma versão gratuita limitada da Disney+ na Holanda não é por acaso. O local abriga a sede da Netflix, atual líder no mercado deste tipo de serviço. Uma das coisas que mais chamam a atenção é o fato de que a plataforma terá preços competitivos: seu plano mensal deve ficar em torno de 7.72 dólares, e a assinatura anual será na casa dos 87 dólares. Dada a reputação da Disney e sua grada de produtos cada vez maior, as perspectivas com relação a esse serviço são bastante positivas.

Extraoficialmente, espera-se que no primeiro ano de programação a Disney+ disponha de pelo menos oito mil conteúdos diferentes. Mas tudo depende de acordos de licenciamento ao redor do mundo. No Brasil, o serviço deverá chegar em 2020.

TecMundo

E aí, o que achou?!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.