GeekSpace | Clube do Livro: Leia Mulheres

Por muito tempo, mulheres leitoras não eram vistas com bons olhos. Escritoras, então, nem pensar! Muitas foram as autoras que tiveram que usar pseudônimos para poderem ter seus livros publicados. Hoje em dia, isso mudou. 
Para 2014 a escritora Joanna Walsh propôs o projeto #readwomen2014 (#leiamulheres2014) que consistia basicamente em ler mais escritoras. O mercado editorial ainda é muito restrito e as mulheres não possuem tanta visibilidade, por isso a importância desse projeto.
As mulheres vêm conquistando números cada vez maiores em vendas de livros, e entre os exemplos figuram nomes como Jane Austen, Virginia Woolf, Agatha Christie e JK Rowling.
E se você pudesse descobrir mais sobre o trabalho de autoras e discutir sobre isto em um clube do livro? Em várias cidades do Brasil isso já está acontecendo!
Em Nova Iguaçu, por exemplo, os encontros do clube Leia Mulheres acontecem todo segundo sábado do mês (salvo algum imprevisto) na casa da Cultura Sylvio Monteiro. O projeto é novo, mas é um incentivo à cultura na região de forma totalmente livre de custos para os participantes e de ganhos para as organizadoras.
O último encontro abordou o livro Razão e Sensibilidade, de Jane Austen. Segundo a mediadora Débora Marinho, a discussão foi sobre “não existirem casamentos por amor à época e sobre o casamento ser a única saída das mulheres, já que, elas não podiam herdar terras e se não estivessem casadas se viam sem perspectiva na vida e como Austen denúncia isso em seus livros“.
No próximo encontro, dia 27 de outubro, desta vez na Livraria Nobel de Nova Iguaçu, a discussão será sobre o livro de Margaret Atwood, O Conto da Aia, que originou a série de mesmo nome.
Saiba mais sobre o projeto nas páginas do Instagram e do Facebook.
Confira também as outras cidades do país em que o Leia Mulheres ocorre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *