Netflix faz guia para cenas “calientes” da 2ª temporada de Elite

Georgie sai na chuva, capa amarela cobrindo seu corpo, atrás do barco de papel que ele colocou na correnteza que segue pela sarjeta. O barco desce pelo bueiro e, quando o menino tenta alcançá-lo, depara-se com um par de olhos brilhante como um farol: é o palhaço Pennywise, que conversa com Georgie e promete lhe devolver seu brinquedo…. antes de arrancar o braço da criança, que é arrastada para o esgoto aos gritos, em um chafariz de sangue, estraçalhada pela criatura sobrenatural que agora mostra uma fileira de dentes afiados. A cena que abre It – A Coisa, adaptação do romance de Stephen King lançada dois anos atrás, é violenta, surpreendente, brutal e absolutamente assustadora. É o lembrete perfeito que a obra de King, diluída fora da literatura em um punhado de versões chinfrins, é poderosa e hipnotizante. É tudo, enfim, que sua continuação, comandada pelo mesmo Andy Muschietti, não é.

UOL Cinema

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.