Marvel confirma triste verdade sobre Vingadores: Ultimato

A reação de Tony Stark a Thor se tornando “Thor Gordo” em Vingadores: Ultimato confirmou que nunca foi apenas uma piada barata às suas custas.

A transformação do Deus do Trovão após sua tentativa fracassada de matar Thanos com a Rompe-Tormentas foi o assunto de um debate acirrado, centrado em torno do conceito do estigma social da obesidade, mas uma dica da intenção pode estar em uma conversa com o Homem de Ferro.

A mudança completa de Thor após o começo de Vingadores: Ultimato está diretamente ligada à sua total perda de esperança após a morte de Thanos.


Cada um dos Vingadores sobreviventes reage de forma diferente ao Estalo, com cada reação falando sobre as fraquezas inerentes de cada personagem.

Para Thor, seu valor próprio que havia sido definido anteriormente por sua quase infalibilidade foi tão profundamente desafiado por sua falha em parar Thanos que ele mudou seu corpo para refletir como se sentia: imperfeito, vulnerável e “indigno”.

A chave em Vingadores: Ultimato é que o público não deve rir do “Thor Gordo” porque sua queda está ligada a uma mudança trágica em seu estado psicológico. A crise de saúde mental de Thor não é brincadeira e a reação de Tony Stark à mudança de seu companheiro de equipe confirma isso.

A transformação de Thor

Por todo o MCU, o senso de humor do Homem de Ferro e muitas vezes seu desrespeito cômico pela autoridade se manifesta nele desafiando seus companheiros heróis e vilões com a intenção de matá-lo.

Seu senso de humor é tão importante em seu arsenal quanto suas armas e, embora muitas vezes seja apenas uma parte da armadura que ele usa para se proteger de seu estresse pós-traumático e da ansiedade do apocalipse por meio de piadas, o uso de apelidos é a chave de como ele vê as outras pessoas.

Ele frequentemente usa nomes para vilões que minimizam sua ameaça ou conta piadas no meio da batalha, como perguntar a Thor se sua mãe sabe que ele roubou suas cortinas.

Mas há uma diferença em como ele trata Thor depois que ele vê o que sua tristeza fez com ele. Enquanto James Rhodes e Rocket Raccoon dizem coisas dolorosas sobre seu peso, Stark, o membro mais atrevido do grupo, se recusa.

A reação de Rhodey pode ser atribuída ao choque, a de Rocket ao fato de que ele é exatamente isso, mas a de Tony diz mais. Sua primeira reação a Thor é simplesmente chamá-lo de “Lebowski”, uma piada interna que faz referência ao nome de Thor no set, mas também à sua semelhança com o personagem principal de O Grande Lebowski.

Em vez de escolher chamá-lo de algo totalmente focado em seu peso, Stark se refere mais ao seu novo visual, até mesmo adicionando um toque afetuoso.

Apesar de todas as preocupações sobre Vingadores: Ultimato minimizar a experiência de estresse pós-traumático e problemas de saúde mental, a reação de Tony fala para uma compreensão do estado psicológico de Thor.

Ele também já havia lutado com a queda de um grande trauma, em Homem de Ferro 3, após a Batalha de Nova York, e ele reconhece o que aconteceu com Thor.

Sua recusa em acumular qualquer negatividade é uma indicação de que o filme estava levando o declínio de Thor mais a sério do que as conversas cômicas ao seu redor.

Se os membros do público que furiosamente recorreram às redes sociais para denunciar o estigma social da obesidade do filme tivessem prestado mais atenção naquele pequeno momento com Tony Stark, seus temores poderiam muito bem ter sido acalmados.

No Brasil, Vingadores: Ultimato, da Marvel, está agora disponível no Amazon Prime Video.

via Observatório do Cinema

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.