Se você já começou a assistir à segunda temporada de Elite, viu que Omar teve uma importante mudança em sua vida. Assim como o personagem, o ator, Omar Ayuso, também passou por uma transformação total para a série da Netflix. Isso porque o espanhol de 21 anos era um estudante de cinema quando foi escalado para seu papel de estreia.

“Eu estava na universidade e nunca tinha estudado nada de interpretação. E coincidiu que uma colega de sala estava trabalhando como ajudante de uma das diretoras de casting”, relembra Omar em conversa com o UOL em Madri, na Espanha, enquanto gravava as cenas finais da segunda temporada.

“Ela me disse que estavam procurando um cara com traços árabes, na faixa dos 20 anos, e que eu tinha esse perfil. Então ela tirou uma foto minha e disse se eu toparia participar. Eu disse que sim, mas que não tinha formação.”

Nascia assim o personagem homônimo e cheio de camadas que chamou a atenção desde o início da série. Em Elite, Omar é gay, muçulmano e vende drogas para fazer uma grana fora do mercadinho da família conservadora. Ele ainda está se descobrindo e tem que lidar com todo tipo de repressão, seja por não ter se assumido para a família ou pela sua condição social.

Omander

“Para mim o maior desafio foi fazer um personagem com o qual eu não me identificava. Não tem tanto a ver com não ter dinheiro ou com cultura, mas sim com a personalidade introvertida dele. E também com a forma como ele passa por cima de tudo, não dá ouvidos a seus fantasmas, e trata tudo aquilo como se fosse normal”, afirma o ator, que pode explorar bem mais sua experiência pessoal para construir o Omar da segunda temporada, já fora do armário.

Meu personagem terminou a primeira temporada com um segredo mais ou menos bem guardado. De forma que ele conseguiu manter sua relação amorosa e sua vida sexual em segredo. Agora ele sai dessa zona de conforto e escolhe que caminho seguir.

A química com Arón Piper, que interpreta Ander, par romântico de Omar desde o início de Elite e carinhosamente apelidado pelos fãs do casal de Omander, também foi essencial para que ele ganhasse o papel. Após um teste inicial, Omar voltou para testar as cenas quentes com o colega: “Fiz outro teste, dessa vez com o Arón. E três dias depois me ligaram dizendo que eu estava dentro”.

O casal Omar e Ander em cena da primeira temporada de Elite - Manuel Fernandez-Valdes/Netflix

O casal Omar e Ander em cena da primeira temporada de Elite

Imagem: Manuel Fernandez-Valdes/Netflix

Portas abertas

O papel de estreia em Elite rendeu convites para outros trabalhos pontuais e Omar Ayuso teve de trancar o curso de Comunicação Audiovisual, Cinema para seguir atuando. Mas seu objetivo ainda é se aprimorar na parte técnica para trabalhar atrás das câmeras, com o sonho de virar diretor.

“Amo atuar, mas também tenho o sonho de dirigir [filmes] e quando terminar quero voltar a estudar cinema para focar na direção”, admite.

Por ora, o ator segue envolvido com a série, que já tem uma terceira temporada confirmada, e se prepara para estrelar seu primeiro longa, o drama 8 Años.

*a jornalista viajou a convite da Netflix

UOL Cinema

E aí, o que achou?!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.