Coringa: 6 HQs para se preparar para o filme

Ao longo dos anos, o Coringa passou de inimigo do Batman para um dos mais icônicos personagens das histórias em quadrinho. Criado em 1940, o mais célebre criminoso de Gotham passou por diversas modificações, sem nunca perder seu estilo anárquico e sarcástico, em contraste ao Cavaleiro das Trevas.

Nestes quase 80 anos de histórias, o Coringa já foi adaptado para diversas mídias e por diferentes atores, seja no seu papel ou na dublagem. No dia 3 de outubro, teremos a oportunidade de ver o quinto ator a viver o Palhaço do Crime no cinema, com Joaquin Phoenix dando vida ao personagem em um filme que vem recebendo diversos elogios pelos festivais onde já foi exibido.

Para se preparar e conhecer melhor quem é o Coringa, veja algumas das suas histórias mais marcantes.

Batman: A Piada Mortal (1988)

(Fonte: CBR/Reprodução)
(Fonte: CBR/Reprodução)

Uma das primeiras HQs que os fãs citam ao falar do Coringa, é uma boa amostra do que ele é capaz, apenas para conseguir provar ao Batman seu ponto de vista: qualquer pessoa pode se tornar um vilão se tiver um dia ruim. Escrito pelo mestre dos quadrinhos, Alan Moore, a história mostra o Coringa capturando Barbara Gordon – e a deixando paraplégica durante o processo – antes de usá-la contra o comissário Gordon em um dos atos mais sádicos já feitos pelo criminoso de Gotham. A HQ também se tornou célebre por trazer uma das origens mais clássicas do Coringa.

Batman: Uma Morte na Família (1988)

(Fonte: CBR/Reprodução)
(Fonte: CBR/Reprodução)

Uma das histórias mais cruéis e trágicas do “Batman: Uma Morte na Família” demonstra do que o Coringa é capaz para atingir o Cavaleiro das Trevas. Enquanto Jason Todd, o segundo Robin, estava tentando descobrir sua real origem, o Coringa arquiteta um plano e consegue sequestrá-lo e o mata. A história afetou o Batman e suas consequências ainda são representadas das HQs.

Batman: As Cinco Vinganças do Coringa! (1973)

(Fonte: CBR/Reprodução)
(Fonte: CBR/Reprodução)

O Coringa quer se vingar de cinco capangas que não o ajudaram a cometer um crime, o que resultou em sua prisão. Ao sair, ele dá início ao seu plano, enquanto o Batman tenta antecipar seus passos e impedir mais mortes na cidade. Esta foi a história que redefiniu o Palhaço do Crime, como um assassino sanguinário e impiedoso. Ele havia passado por uma reformulação, em especial após a série de TV de Adam West, tendo se tornado mais um palhaço bobo do que um criminoso temido. Tudo mudou com esta história.

Batman Adventures: Louco Amor (1994)

(Fonte: CBR/Reprodução)
(Fonte: CBR/Reprodução)

A Arlequina é uma personagem que surgiu em Batman: A Série Animada, e que devido à sua popularidade, passou a ser recorrente nas HQs do Homem-Morcego. “Batman Adventures: Louco Amor” é a história de origem da psiquiatra Harleen Frances Quinzel. Ao acreditar que poderia tratar o Coringa, Harleen acaba se apaixonando por ele e torna-se a Arlequina, vilã que será capaz de qualquer coisa para provar seu amor pelo Palhaço do Crime. Esta é uma das HQs que melhor demonstra o poder de manipulação do Coringa.

Batman: O Homem que Ri (2005)

(Fonte: CBR/Reprodução)
(Fonte: CBR/Reprodução)

O primeiro encontro entre Batman e Coringa, é o que pode ser visto nesta história. Depois de “Batman: Ano Um”, uma nova atualização do herói, era necessário recontar a origem do seu principal inimigo. E, para isso, o roteirista Ed Brubaker vai atrás de uma das inspirações do criminoso, “O Homem que Ri”. A HQ mostra Batman investigando uma série de crimes que resultam em pessoas importantes de Gotham mortas e encontradas com um sorriso sinistro no rosto.

Batman: O Peixe Risonho (1937)

(Fonte: CBR/Reprodução)
(Fonte: CBR/Reprodução)

Um dos planos mais improváveis do Coringa, a história mostra ele soltando uma toxina no porto de Gotham e afetando todos os peixes. Quando ele tenta patentear o produto, mas acaba sendo impedido, o Palhaço do Crime mostra porque não deve ser contrariado. A história é um bom exemplo de como o Coringa tem mudanças de humor muito repentinas, mostrando o lado mais psicológico do criminoso. Esta história também foi adaptada para em Batman: A Série Animada.

TecMundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *