CRÍTICA | Inesperadamente Você

Inesperadamente Você: uma comédia romântica estilo clássico

Sempre fui fã das boas e velhas estórias clichês de comédia romântica: rapaz conhece garota, e depois de alguns obstáculos se apaixonam. Acho que não há nada de errado com um pouco de previsibilidade. Mas não é incrível quando mesmo assim há elementos de surpresa?

Assim me senti lendo Inesperadamente Você, o livro de estreia da querida Deborah Strougo, uma história leve e divertida. Confira a sinopse a seguir:

Alice Bastos é uma residente de pediatria que está passando por uma situação complicada após o derrame do pai. Para pagar os custos do tratamento, ela decide vender a casa e morar em um local mais simples e próximo ao hospital em que ele está internado.
Quando surge uma oportunidade de comprar um ótimo apartamento com o preço em conta, Alice não pensa duas vezes antes de fechar o negócio. O que ela não esperava era ser vítima de um golpe que a obrigaria a dividir a moradia com Theo Leone, um profissional de TI arrogante, mal-humorado e bonito demais.
Porém, apesar dos desentendimentos, ambos descobrem que morar sob o mesmo teto pode ser a melhor coisa de suas vidas.

 

A narrativa de Deborah é bastante gestual, todos os sorrisos travessos, amarelos e os estalos de língua tornam-se bem visuais para o leitor, que consegue imaginar as cenas como num filme. A linha de desenvolvimento da história é muito bem amarrada, o que torna a história crível e possível.

Resultado de imagem para e se fosse verdade

Ao ler a sinopse e conversar com a autora, lembrei um pouco do já clássico da Sessão da Tarde E Se Fosse Verdade com Reese Whiterspoon e Mark Ruffalo. Mas é só a premissa mesmo, o livro segue seu rumo próprio.

Em vídeo para o nosso canal, Deborah diz que gosta de histórias onde os personagens são “obrigados” a viver sob o mesmo teto, ou interagir de forma semelhante. Só ouvindo isto, não percebi algo que me dei conta lendo o livro: foi assim que minha história de amor se desenvolveu também!

Mas além da identificação pessoal, há muita sensibilidade na escrita de Inesperadamente Você, que me fez rir com as peripécias de Theo e Alice, mas também me emocionou a ponto de chorar, por conta de uma reviravolta que eu não “esperava” (fica aí o trocadilho hehe).

A imagem pode conter: pessoas sentadas

Veredito

A história é coerente e coesa, os personagens são bem desenvolvidos e não superpovoam o livro. Por falar em personagens, algo que gostei bastante na história é que até que os protagonistas sejam obrigados a estar juntos, convivendo realmente, não é feita nenhuma descrição sobre a aparência deles como estonteantes e belíssimos (o que ocorre em muitos chick-lit), me fazendo crer que eles só passaram a se ver desta forma quando interesses começaram a aflorar.

Tentei ler com calma, para saborear a leitura, mas pouco depois, ela me dominou. Assim, quando acabei o livro, fiquei com aquela sensação de “aaaaaah“, querendo mais. Por isso, recomendo que leiam Inesperadamente Você e depois se juntem a mim na espera pelo
spin-off desta história!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.